Não é de hoje que os remanejamentos no transporte coletivo de Curitiba ocorrem, seja pela falta de um veículo numa categoria específica ou mesmo quando na empresa estão sobrando carros e para aproveitá-los, fazem remanejamentos para melhor utilização do mesmo.

Um bom exemplo disso foi o que ocorreu no Grupo Melissatur, composta pelas empresas Viação Tamandaré, Empresa de Ônibus Campo Largo e Viação Antonina, que nos últimos anos houve o que podemos chamar de “troca em família”, no qual alguns carros foram repassados entre as empresas.

A primeira delas a partir da era COMEC ocorreu em 2015, quando a Empresa Campo Largo repassou dois de seus carros (Marcopolo Torino 1999, chassi Mercedes-Benz OF-1722M), prefixos 22A36 e 22A37 para a Viação Tamandaré, que receberam prefixos 16G98 e 16G99

 

 

O segundo remanejamento ocorreu em fevereiro de 2016, quando a linha A21-Jd. Paraíso/Tamandaré, que era operada pela Viação Antonina, foi repassada para Viação Tamandaré, os 3 alimentadores que a Viação Antonina possuía tiveram destinos diferentes:

A começar pelo 24A38 (Marcopolo Torino 1999,chassi Mercedes-Benz OF-1722M) que foi repassado para a Empresa Piedade de Campo Largo para operar no sistema escolar, recebendo prefixo ERC2438.

 

 

Outro alimentador da empresa, o 24A39 (Neobus Mega 2006, chassi Mercedes-Benz OF-1722M)   ainda permaneceu na empresa, sendo reaproveitado no serviço Metropolitano não-integrado e recebendo prefixo 24299.

 

E por último, o alimentador mais novo da empresa, o 24A40 (Marcopolo Torino 2007, chassi Volkswagen 17.230EOD) foi o carro repassado para a Tamandaré para operar a linha A21-Jd. Paraíso/Tamandaré, assim recebendo prefixo 16G07.

 

Ainda em 2016, a Empresa Campo Largo repassou 3 Marcopolo Torino 2007, chassi Mercedes-Benz OF-1722M (prefixos 22053, 22070 e 22071) para a Viação Tamandaré, que na ocasião estava desativando seus Busscar Urbanuss Scania L94 (prefixos 16C29, 16C31 e 16C33) por conta da chegada destes carros oriundos de Campo Largo. Primeiramente receberam prefixo sequencial (16C51, 16C52 e 16C53), mas antes mesmo de iniciarem operações, foram alterados os prefixos para 16C98, 16C97 e 16C96.

 

 

 

Os carros 22070 e 22071 pertenceram a Auto Viação Água Verde, que finalizou operações no final de 2010 com o início do período pós-licitação, entrando a empresa Expresso Azul em seu lugar, fazendo parte do Consórcio Transbus. Os prefixos na Água Verde eram JA031 e JA033.

 

Vale também lembrar que desde 2015, com a desintegração do sistema metropolitano com a RIT, a COMEC passou a gerenciar o transporte metropolitano e, desde maio de 2016, foram alterados os prefixos alfanuméricos para somente numéricos.

Aqui listamos os novos prefixos dos carros citados acima, já na gestão COMEC:

 

16G98 > 16007

16G99 > 16008

16G07 > 16035

16C98 > 16012

16C96 > 16020

16C97 > 16021

 

Agora no período dos prefixos padrão COMEC, continuaram as trocas de veículos entre as empresas, começando pela Tamandaré e Campo Largo, onde a Viação Tamandaré repassou para a Campo Largo os carros 16002 (16A77) e 16003 (16A78) (ambos Marcopolo Torino 1999, chassi Mercedes-Benz OF-1721), recebendo prefixos 22298 e 22297.

22298: ex 16A77 e 16002

22297: ex 16A78 e 16003

 

Pela Campo Largo, ela repassou os carros 22004 (22A38) e 22005 (22A39) (ambos Marcopolo Torino 1999, chassi Mercedes-Benz OF-1722M), recebendo prefixo 16298 e 16297.

16298: ex 22A38 e 22004

16297: ex 22A39 e 22005

 

Na Viação Antonina, ocorreu apenas um repasse de carro entre ela e a Tamandaré, que foi o carro 24045 (Marcopolo Torino 1999, chassi Mercedes-Benz OF-1722), recebendo prefixo 16299 na Tamandaré.

Por outro lado, a Viação Antonina recebeu da Tamandaré o carro 16001 (ex 16A76, Marcopolo Torino 1999, chassi Mercedes-Benz OF-1721), que foi prefixado como 24298.

16299: ex 24045

24298: ex 16A76 e 16001

 

Agradecemos ao colega Hipólito Rodrigues por ceder sua foto para a publicação da matéria.

 

About The Author

Related Posts

Pular para a barra de ferramentas