Quem viveu e aproveitou a última era dos ônibus expresso alaranjados (os famosos FR) que fizeram parte da frota pública, sabe que lembrar deles é sentir profunda nostalgia. Eu mesmo me sinto voltando no tempo toda vez que vejo a foto de um deles.

Eram tantas características marcantes dos FR’s que mal sei por onde começar. Mas não custa começar pelo óbvio: o número era expressivo, nada menos que 88 ônibus articulados completavam a frota pública, que chegaram entre os anos de 1987 e 1988. Inicialmente com prefixo numérico de 4 dígitos e posteriormente ganharam prefixos do FR001 ao FR088, com a lendária URBS inscrita sob os prefixos. Além disso, ainda tinha a inscrição “Propriedade do Povo” nas laterais do primeiro vagão.

8071

Dos 88 ônibus, apenas 7 eram Scania S112 com motor dianteiro, todos com carroceria Caio Amélia. Os demais eram todos Volvo B58, que se revezavam em 26 Marcopolo Torino, 49 Ciferal Alvorada e 1 único Caio Amélia (FR002). Eu particularmente era fã dos Padron Alvorada, pelo seu visual que pra mim sempre foi muito “retrô”. A caixa de itinerário que saltava acima da carroceria, me lembrava as orelhas de gato. Tanto que quando vi alguns Alvorada sem o letreiro – após desativados – logo imaginei como um gato sem orelhas. Cada detalhe da dianteira (como a grade e os piscas enormes nas laterais da carroceria), e também da traseira (com aquela sequência de 4 lanternas quadradas de cada lado e as luzes de posição sobre o vigia), parecia muito instigante, algo indescritivelmente assustador e profundamente encantador. Pois é, esses Alvoradas FR sempre me traziam uma sensação diferente.

Impossível esquecer de detalhes como o banco do cobrador ser igual ao do salão de passageiros e virado para frente; das duas catracas, uma para dinheiro e outra exclusiva para fichas de vale-transporte; e os bancos no salão posicionados nas laterais, formando 2 fileiras, uma de cada lado, onde você não tinha opção e era obrigado a sentar ao lado de estranhos  😈
E a última porta que era praticamente no final da carroceria? Sim, muitas lembranças. E não para por aí.

Ainda temos as características do Volvo B58, que fazia um casamento perfeito com os Alvorada. O que eram aquelas rodas raiadas? Combinação perfeita para deixar os FR’s com cara de nostalgia mesmo antes de vencer a vida útil. Tirando o FR003, que era o único com câmbio automático, os demais eram todos manuais, com uma alavanca de câmbio enorme, que tinham uma folga tão grande que quando engatada a segunda marcha, a alavanca ia quase obstruindo a segunda catraca. Brincadeiras à parte, era uma diversão ver o motorista cambiar um FR.
O ronco das reduzidas e do freio-motor eram música para os ouvidos. E o cheiro de lona incandescente que infestava o terminal era um claro sinal de que um FR havia acabado de passar.

8079

Ufa, chega de nostalgia, vamos falar do presente. Com certeza não há muitos dos antigos FR circulando por aí, mas pelo menos o FR079 (8079) ainda está de pé e operando a serviço da prefeitura municipal de Bandeirantes – Paraná.

Nos tempos em que operou em Curitiba, teve a tradicional cor laranja e verde enquanto operou pela Auto Viação Nossa Senhora do Carmo e terminou pela Empresa Cristo Rei na cor vermelha. Também foi um dos primeiros ônibus articulados a operar na linha Interbairros IV, em 1994.

Pelas imagens, se vê que o ônibus, apesar de seus 26 anos – bem vividos – está em bom estado de conservação. Para aqueles que, como eu, curtem um Ciferal Alvorada, esse carro está de tirar o chapéu.

 

Com informações de: Reinaldo Penhalves

About The Author

Fundador do Site Ônibus de Curitiba. Admirador de ônibus e modais de transporte desde sempre. Para Diego tudo podia virar ônibus, desde brinquedos, bicicletas, vídeo-games de corrida e até mesmo carros. Quem nunca brincou de fazer linha com algum desses itens? Pois é, Diego sempre fez. Também é fã de tecnologia e gosta de conciliar ambos os gostos, mas nem por isso deixa de encantar-se com modelos clássicos, que não eram dotados de tanta tecnologia assim.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.