Provavelmente você já deve estar sabendo através dos jornais e redes sociais, da movimentação da classe trabalhadora de todo o Brasil que irá as ruas em greve geral por 1 dia em protesto contra a reforma da CLT e previdência, nesta sexta-feira, 28 de abril.

O SINDIMOC, sindicato que representa os motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba e região, sinalizou que estará apoiando o movimento, o que significa que o transporte coletivo de Curitiba poderá sofrer com falta de ônibus.

O presidente do sindicato, Anderson Teixeira, publicou um vídeo nesta quarta-feira comentando a respeito da greve geral. Teixeira pede que os trabalhadores, mesmo de outras classes, se juntem ao movimento, que percam 1 dia de trabalho para não perder uma vida toda. Ele não confirmou se as horas serão efetivamente descontadas dos trabalhadores, mas à princípio, sugere que elas poderão ser descontadas, porém enfatiza que a classe precisa mais uma vez mostrar a sua força e lutar contra a retirada de direitos trabalhistas da população.

Teremos ônibus circulando?

Segundo o SINDIMOC, 100% da classe irá se mobilizar no movimento, o que significa que as chances de ter ônibus são mínimas.
Do outro lado, a URBS protocolou um pedido na justiça para garantir que haja frota mínima de 80% nos horários de pico e 70% nos demais horários. Até o fechamento desta matéria não há a confirmação se a justiça aceitou o pedido da URBS, o que garante que Curitiba amanhecerá nesta sexta-feira sem ônibus nas ruas.

 

About The Author

Fundador do Site Ônibus de Curitiba. Admirador de ônibus e modais de transporte desde sempre. Para Diego tudo podia virar ônibus, desde brinquedos, bicicletas, vídeo-games de corrida e até mesmo carros. Quem nunca brincou de fazer linha com algum desses itens? Pois é, Diego sempre fez. Também é fã de tecnologia e gosta de conciliar ambos os gostos, mas nem por isso deixa de encantar-se com modelos clássicos, que não eram dotados de tanta tecnologia assim.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Pular para a barra de ferramentas