castro-123-ldApesar de concentrado, com poucas fabricantes, o mercado de ônibus no Brasil é marcado por concorrência forte em alguns segmentos. Em outros, uma ou duas fabricantes dominam. É o caso dos ônibus de dois andares rodoviários, que tem a participação da Marcopolo, da Comil mais recentemente, e da Busscar, que, por conta de uma crise econômica desde 2008, tem feito poucas unidades e atendendo com mais lentidão os pedidos.

Já o segmento de ônibus urbano é mais competitivo. Praticamente todas as encarroçadoras possuem um ou mais modelos, de acordo com a configuração.

Em época de retração de mercado, por conta da desaceleração econômica do País e, em especial, da mudança de legislação ambiental que provocou no ano passado antecipação de renovações de frota, toda unidade vendida a mais pode ser considerada um trunfo.

Sabendo disso, a Comil, encarroçadora com sede em Erechim, no Rio Grande do Sul, e com futura unidade no interior Paulista, tem feito um trabalho de divulgação dos produtos da marca. Após transformar em eventos as entregas dos ônibus mais sofisticados da linha de rodoviários Campione, agora é a vez do urbano Svelto 2012 ser apresentado melhor ao mercado.

E a Comil diz ter orgulho de fazer essa apresentação. Em relação à linha anterior do modelo, o Svelto está com desenho mais moderno, harmônico e com a carroceria com menos vincos e frisos, facilitando a limpeza e a manutenção. O conjunto óptico foi renovado tanto na dianteira como na traseira e assim como a iluminação interna, conta com luzes de Led, mais econômicas, melhores e resistentes.cidade-de-castro-123-trs

A carroceria também está apta para receber os chassis que seguem os padrões de restrição à poluição Euro V, previstos pelo Proconve – Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores, em sua sétima fase, a Proconve P 7.

Estes chassis possuem mais equipamentos, como no caso dos sistemas de redução catalítica, que exigem um tanque além do destinado para o diesel, para o ARLA 32 – Agente Redutor Líquido Automotivo, um fluido feito com 32,5% de ureia industrial, que pode reduzir as emissões de poluição.

Na quarta-feira, dia 18 de julho, a  Comil foi a Blumenau, Santa Catarina, e realizou um evento  para divulgar a linha deste ano do Svelto, no Complexo Turístico Moinho do Vale para empresários de ônibus.

O gerente de negócio urbano da Comil, Fabriccio Tascine, disse que o novo modelo atende sugestões dos próprios frotistas, que pedem veículos que indicam modernidade, práticos e robustos.

Hoje o empresário saber que a população exige mais renovação de frota. Mas nem todos entendem de modelo de ônibus.  Assim, não basta o ônibus ser novo, ele também deve parecer novo.

O ônibus Svelto é comercializado desde fevereiro de 2012, mas antes disso, as encomendas chegaram a 300 veículos.

As cores internas do Svelto são mais claras, dando a sensação de um ambiente mais amplo e confortável.

A cabine do motorista tem espaço maior, sem prejudicar a capacidade do salão dos passageiros. Isso, segundo a Comil, se deu por conta da otimização dos instrumentos de operação. O posto do cobrador também foi melhorado, oferecendo ergonomia ao trabalhador.

cidade-de-castro-123-le

Empresa faz “corpo a corpo” com investidores para mostrar as opções de ônibus

Fonte: Canal do Ônibus | Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

About The Author

Wagner é motorista de ônibus da Empresa Expresso Princesa dos Campos e admirador de ônibus e transporte público desde pequeno. Trabalhou em empresas de Curitiba, como a Cristo Rei e Santo Antônio. Também foi o criador do blog Ivanbuss, onde publicava suas fotos e de amigos. Em 2012 juntou-se ao Ônibus de Curitiba e trouxe sua experiência para somar ao time do site.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.