Em uma reunião realizada dia 20 de janeiro, representantes da Companhia Municipal de Transporte Coletivo (CMTC) e da Prefeitura de Araucária estiveram com representantes da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (COMEC) para acertar detalhes da transferência de responsabilidade da linha de ônibus Tupi-Pinheirinho para o estado.

A medida foi tomada após análise de que a linha executa itinerário de caráter metropolitano e extrapola as atribuições de gerenciamento do município. Outro ponto importante para a decisão foi a verificação de ausência de contrato regular que embase a manutenção do serviço pelo município.

Pela reunião realizada, ficou acordado que a COMEC assumirá a administração da linha e que desde o início do ano (1º de janeiro de 2017), o município não fará mais pagamentos e repasses de subsídios para a Transtupi Transporte Coletivo Metropolitano, empresa que opera o trecho. Importante frisar que a linha não será extinta, apenas mudará de gestor e que não haverá impacto para a população. Confira a ata da reunião na íntegra.

A ação vem ao encontro com as mudanças que o prefeito Hissam Hussein Dehaini tem feito na cidade para melhor gerir os recursos públicos e sanar algumas incorreções que estavam sendo praticadas na administração municipal. Com isso, além de segurança jurídica, executando todos os procedimentos de maneira correta, Araucária ainda fará uma economia de cerca de R$9 milhões ao ano. Em 2016 o gasto para manter a linha Tupi-Pinheirinho foi de R$ 12,3 milhões, sendo que foi arrecadado com o serviço R$ 3,6 milhões e o município subsidiou o restante: R$ 8,7 milhões no ano.

_____________

Opinião OC

Com o repasse da linha para a COMEC, pode ocorrer de a empresa Transtupi ter um prefixo padrão COMEC para a execução da linha, uma vez que o serviço da linha é de caráter Metropolitano. Desta maneira, a empresa pode vir a utilizar a faixa de prefixo 3300x, por exemplo. Vamos aguardar e esperar para ver se isso realmente se confirmará.

Texto e fonte: Portal Araucária

About The Author

Fundador do Site Ônibus de Curitiba. Admirador de ônibus e modais de transporte desde sempre. Para Diego tudo podia virar ônibus, desde brinquedos, bicicletas, vídeo-games de corrida e até mesmo carros. Quem nunca brincou de fazer linha com algum desses itens? Pois é, Diego sempre fez. Também é fã de tecnologia e gosta de conciliar ambos os gostos, mas nem por isso deixa de encantar-se com modelos clássicos, que não eram dotados de tanta tecnologia assim.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.