Hoje revirando meus arquivos de fotos para compartilhar com amigos de um grupo, encontrei uma foto que tirei na garagem da Auto Viação Água Verde em 2007. A foto em si já chama a atenção por ter 3 Busscar Urbanuss articulados de cores diferentes lado a lado. Não bastasse esse detalhe, reparei que no itinerário de ambos estava sendo apresentada a linha 040 – Interbairros IV.

 

 

Na época em que tirei a foto, não tinha reparado neste detalhe, talvez pelo fato de ser algo comum de se ver na empresa, que costumeiramente utilizava articulados de outras categorias para o atendimento das linhas Interbairros IV e V. Nem ao menos girei os itinerários propositalmente, como poderia se imaginar.

Levando em conta esses detalhes, era comum ver JR400/JR401 na linha Interbairros V, por conta do elevador para cadeirantes ou ainda o JC163 (Busscar Urbanuss – Mercedes-Benz O-500M). Já aos finais de semana, quando a linha Fazendinha era atendida apenas por 1 articulado, o JR604, que possuía elevador, os carros da linha – JR600 ao JR603 – eram vistos operando no Interbairros IV e na linha do Trabalhador. Eu mesmo cheguei a trabalhar domingo à noite com o JR601 na 545.

 

 

Iguais e diferentes

JR601-JR603-JR100-JR104

Apesar de ambos possuírem a mesma carroceria, Busscar Urbanuss, os três eram completamente diferentes. Os carros da série JR600 eram Volvo B10M. Na série JR100, o chassi era Scania F94HA com câmbio manual, das famosas alavancas que pulavam e davam um grande estrondo, muitas vezes obrigando os motoristas a segurá-la com o braço. Já os JR400, apesar de também serem Scania F94HA, possuíam caixa automática Voith. Apesar do maior conforto em relação aos manuais, o conjunto mecânico sempre dava problemas e dor de cabeça para a empresa, que constantemente ficava com os carros parados na oficina.

Na série 600, o único Scania era o JR604, que veio no mesmo lote dos JR400 e JR401.

 

Hoje é pouco diferente

Nos dias atuais é comum ver carros de diversas categorias operando em outras, como troncais/convencionais e alimentadores nas linhas Interbairros. Só que ao contrário do passado recente com a Água Verde, não se vê mais essa espontaneidade no pátio. Pode até, como no caso da Expresso Azul, ter 3 carros idênticos de categorias diferentes na mesma linha e no mesmo dia, porém não será possível visualizar isso inocentemente no pátio. Sem posicionar ambos, ligar itinerários e configurá-los para uma linha em comum, por exemplo. Por isso acabei impressionado com a autenticidade da foto, que representa muitas coisas, de diferentes formas para diferentes públicos.

Gostaria de falar mais sobre a Água Verde, uma empresa que por toda a vida fui fã e tive a oportunidade de vestir a sua camisa. Infelizmente hoje não será possível falar mais, senão levarei alguns dias escrevendo. Quem sabe ao longo dos dias eu poste algumas coisas a respeito.

Sugestões? Deixe um comentário  😉


Atualização – 05/10: Adicionada foto do JC163 na galeria


 

 

About The Author

Fundador do Site Ônibus de Curitiba. Admirador de ônibus e modais de transporte desde sempre. Para Diego tudo podia virar ônibus, desde brinquedos, bicicletas, vídeo-games de corrida e até mesmo carros. Quem nunca brincou de fazer linha com algum desses itens? Pois é, Diego sempre fez. Também é fã de tecnologia e gosta de conciliar ambos os gostos, mas nem por isso deixa de encantar-se com modelos clássicos, que não eram dotados de tanta tecnologia assim.

Related Posts

2 Responses

  1. jackson

    Nossa volta um filme na cabeça , quando vejo as fotos do ônibus da antiga empresa a qual trabalhei também obrigado por compartilhar essas fotos , um abraço Diego Dubiginski..

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.