Veja o que está sendo comentado nesta semana, que está sendo acompanhada de calmaria, apesar do aumento dos novos Mega BRT ligeirinho circulando nas ruas.

 

18A74# Nesta semana, o ônibus 18A74, um dos dois únicos Marcopolo Torino 99 do ano de 1999 com chassi Volvo B10M padron que não são de embarque em nível no sistema estava operando na linha Porteira/Paloma. Esta situação tem dois pontos: é inédito porque ele e seu irmão 18A75 operaram durante 12 anos na linha Bocaiuva do Sul ininterruptamente. E o outro motivo por ele ter operado nesta linha é pelo fato do atraso da encarroçadora na entrega de novos ônibus alimentadores. Com isso a empresa não pode vender os veículos mais antigos e precisa aproveitá-los quando os titulares encontram-se em manutenção ou vistoria.

Atualização/correção: Segundo os amigos Kevin e Ricardo, os veículos acima citados não operaram ininterruptamente durante 12 anos apenas na B33 Bocaiuva do Sul. Eles começaram a operar nela com maior frequência a partir de 2001. Operaram por tempos nas linhas Maracanã / Santa Cândida, Maracanã/Cabral, Monte Castelo e Rio Verde.

 

# O GE848, ex GD336 iniciou operação com sua nova cor na linha Ligeirão Pinheirinho / Carlos Gomes ontem, 26 de maio, em tabela extra de reforço que inicia na estação Vila Fanny.

 

# Mesmo com os novos ligeirões de 28 metros, hoje pela manhã o Ligeirão Boqueirão estava com os seguintes ônibus articulados operando nas tabelas extras: GR028, GR029 e GR037. Já a tarde, GR035.

 

# No Interbairros I, o ônibus convencional JC012 estava operando em substituição a um veículo interbairros da empresa Auto Viação Curitiba.

# Hoje o CA012, Neobus Mega Alimentador estava operando na linha 021 Interbairros II. Já o BB020, de mesma carroceria e chassi mas de cor verde padrão da categoria Interbairros estava circulando na linha Interbairros III, com a companhia do BB301 (Marcopolo Viale – Mercedes Benz O500M – Alimentador).

JC316# Na linha Interbairros IV, o JC316 estava operando em substituição a um veículo articulado que se encontra em manutenção. Já o JC315 estava na linha Nossa Senhora da Luz, substituindo um veículo da empresa Auto Viação Curitiba.

 

# Ao que tudo indica, a partir de amanhã iniciará operação os novos ligeirinhos Mega BRT da Transporte Coletivo Glória. Rodrigo Guerreiro viu os ônibus BL305, BL306 e BL308 com motoristas em treinamento.

 

Colaboração: Beto Rock, Elton Simões, Fergeo, Giovanni Ferrari Bertoldi, Isaac Matos Priezner, Luan Lenon, Marcio Aparecido da Silva, Maurício Doniak, Rodrigo Guerreiro

About The Author

Fundador do Site Ônibus de Curitiba. Admirador de ônibus e modais de transporte desde sempre. Para Diego tudo podia virar ônibus, desde brinquedos, bicicletas, vídeo-games de corrida e até mesmo carros. Quem nunca brincou de fazer linha com algum desses itens? Pois é, Diego sempre fez. Também é fã de tecnologia e gosta de conciliar ambos os gostos, mas nem por isso deixa de encantar-se com modelos clássicos, que não eram dotados de tanta tecnologia assim.

Related Posts

5 Responses

  1. Ricardo

    Sobre os dois torino volvo B10M da Santo Antonio.

    eles não operam doze anos seguidos na linha bocaiúva do sul. na verdade foram 10 anos 2001 a 2011. "mas as vezes faziam direto cabral pela manhã.

    18A74 de 99 a 2001 era fixo na linha Rio Verde

    18A75 de 99 a 2001 começou como Maracanã/Cabral e logo passou para fixo no Monte Castelo. Ainda em 2001 ambos foram primeiro para maracanã/cabral e depois para Maracanã/Sta.Candida por alguns meses. um pouco depois da linha bocaiúva ter virado alimentadora em 2001 foram para ela.

    Atualmente continua na empresa o 18A74 e depois de não ser mais fixo na B33 já havia feito antes da linha porteira/paloma a linha Rio Verde. Quanto ao 18A75 já deixou a empresa e foi vendido ao interior do estado junto com o 18L25.

    Responder
  2. Luiz

    E vale lembrar que hoje estava operando o HE840, Torino 99/Volvo B10M Azul com itinerário de pano, muito legal =D

    Responder
  3. Edilton José Corrêa

    Das empresas que foram vendidas devido a licitção a venda da curitiba para a araucária eu fui fazer uma entrevista na auto viação colombo e vi uns alimentadores comil scania que eram da curitiba na cor laranja porem sem prefixo e os outros veiculos da curitiba que fim levaram

    Responder
    • Diego Dubiginski

      Aqueles carros estavam arrendados, aí como tem restrição à venda, tem que ficar parados. Acredito que a Expresso Azul levou esses carros para a Colombo (empresa da mesma família) para livrar o espaço na garagem da Araucária urbana e assim ter espaço para as duas no mesmo pátio.

      Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.