045
As empresas de transporte coletivo que participam da licitação em andamento em São José dos Pinhais terão que instalar novas tecnologias nos ônibus. Um dos itens previstos na concorrência é a exigência para que as empresas contratadas possuam um sistema de tecnologia embarcada – ou seja, elas devem ter todos os instrumentos eletrônicos para melhorar o desempenho operacional dos veículos e trazer conforto e segurança aos usuários.
Os ônibus que transitam por São José dos Pinhais serão, por exemplo, equipados por computador de bordo e GPS, permitindo o rastreamento e o monitoramento dos veículos. Dessa forma, a Central de Operações das empresas poderá controlá-los para que não haja “comboio” de ônibus no mesmo horário e os usuários poderão saber o horário em que eles chegarão a determinado ponto através do celular.
Os veículos deverão possuir câmeras de vídeo no interior e na parte frontal, o que vai garantir maior segurança aos passageiros. Eles terão aparelhos de televisão, onde serão repassadas informações sobre o próprio transporte público e demais conteúdos de utilidade pública. Também serão instalados dispositivos para impedir o deslocamento do veículo com as portas abertas; de comunicação online com a garagem e o Centro de Controle de Operações (CCO); e de segurança para armazenamento de valores (cofres).

 

“As inovações tecnológicas vão permitir um maior controle sobre a frota; maior segurança nos veículos, reduzindo o risco de assaltos em virtude da instalação de câmeras e cofres; e maior conforto e agilidade aos usuários, que poderão saber onde está o ônibus que desejam pegar, evitando as longas esperas nos pontos”, explica Saulo Aversa, chefe da Divisão de Transporte da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito.
Sobre a Licitação

sanjotur-5086

A concorrência pública para o serviço de transporte coletivo em São José dos Pinhais é do tipo técnica e preço, e está prevista para ser aberta no próximo dia 13 de setembro.
Os serviços do sistema de transporte coletivo de passageiros serão concedidos por 15 anos, podendo ser prorrogados por mais dez anos, se for de interesse público. O valor estimado da concessão será de R$ 398 milhões correspondentes ao Lote 01(Regiões Norte, Leste e Oeste) e de R$ 197 milhões de reais) correspondentes ao Lote 02 (Região Sul).
Além do implemento de novas tecnologias, os usuários terão como principal benefício da licitação a integração total entre as linhas do município. Ela prevê também melhorias nos atuais terminais e a criação de seis novas estações de integração (Izaura/Ipê, Borda do Campo, Vila Jurema, Costeira, Rui Barbosa e Contenda).

About The Author

Fundador do Site Ônibus de Curitiba. Admirador de ônibus e modais de transporte desde sempre. Para Diego tudo podia virar ônibus, desde brinquedos, bicicletas, vídeo-games de corrida e até mesmo carros. Quem nunca brincou de fazer linha com algum desses itens? Pois é, Diego sempre fez. Também é fã de tecnologia e gosta de conciliar ambos os gostos, mas nem por isso deixa de encantar-se com modelos clássicos, que não eram dotados de tanta tecnologia assim.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.