Conforme já publicamos aqui no Ônibus de Curitiba, a Araucária Transporte Coletivo passa por um delicado momento, com dificuldades financeiras. Por diversos momentos ao longo de 2015 a empresa teve seus ônibus apreendidos por oficiais de justiça devido ao não pagamento dos financiamentos dos veículos. Foram desde os expressos biarticulado, os Marcopolo Torino Volkswagen e até mesmo ligeirinhos, semi-padrons e alimentadores, de ambas as empresas, matriz (em Araucária) e filial (em Curitiba).
Os imprescindíveis, como biarticulados e os carros comuns, a empresa conseguiu realizar o pagamento dos débitos e tê-los novamente. Já os demais a Araucária não conseguiu retomar. Desta forma, diversos ônibus apreendidos foram a leilão – não apenas os financiados, mas também os veículos que entraram como garantia. Não vamos listar todos os que foram e/ou estão sendo leiloados, mas iremos publicar onde estão os que já foram arrematados. Em especial os que acabaram ficando aqui em nossa região.

LA500

Viação do Sul amplia frota

A Viação do Sul foi a empresa que arrematou mais unidades. A empresa ficou com os LA500, LC503 e LC505 (ambos Marcopolo Viale – Volvo B290R). Os LA500 e LC503 foram preparados para operar nas linhas metropolitanas da região de Itaperuçu e Rio Branco do Sul, sob prefixos 26802 e 26801, respectivamente.
Com esta nova aquisição, a Viação do Sul já conta com três ônibus padron/semi-padron no serviço metropolitano; além dos 5 articulados incorporados no ano passado.

O terceiro veículo arrematado pela Viação do Sul foi repassado para a Auto Viação Redentor, já que ambas pertencem à família Gulin. Está a cargo da Redentor o destino do veículo. Ainda não há nada oficialmente decidido a respeito. Existem algumas teorias para o futuro do LC505, entre elas:

  • Virar HC5XX e servir de reserva dos Hibribus na linha 180 – Abranches / Água Verde;
  • Ser repassado à Araucária novamente na base de troca, uma vez que ambas participam do mesmo consórcio, o Transbus.

LC505

 

LA500 no penúltimo dia de operação

Por uma coincidência do acaso, no penúltimo dia de operação do LA500 pela Araucária Transporte Coletivo, gravamos um vídeo do carro saindo do terminal do Campo Comprido na linha 826 – Campo Comprido / CIC. Até aí tudo bem, mas observe o rápido depoimento que o motorista deu sobre o ônibus:

 

Novos metropolitanos

Outra empresa da Região Metropolitana que absorveu veículos leiloados da Araucária Transporte Coletivo foi a Viação Piraquara. Ela arrematou os carros 19C43 (ex LC502) e LC506. Também há algumas possibilidades para a futura operação de ambos:

  • Continuar na cor amarela e operar como reservas na linha C03 – Pinhais / Guadalupe durante a semana e em tabelas cheias nos finais de semana e feriados;
  • Serem remanejados para o serviço metropolitano e operar nas linhas D61 – Ctba / Piraquara e D66 – Ctba / Piraquara Direto;
  • Como são duas unidades, poderia cada um seguir para uma categoria diferente.

 

19C43

Fora da região

Outros veículos que foram arrematados no leilão por empresas de fora da região de Curitiba são:

  • 19029 (Marcopolo Torino 99 Midi – Mercedes-Benz OF-1418) e 19A42 (Marcopolo Torino 2007 – Mercedes-Benz OF-1722M) pela Ganusatur de Guaratuba;
  • 19R92 (Marcopolo GranViale – Mercedes-Benz O-500MA) por particular, na região de Marialva.

Os que ficaram

Dos convencionais semi-padron (todos Marcopolo Viale – Volvo B290R), série LC500, os que ficaram com a empresa são:

  • LC500
  • LC504
  • LC507

About The Author

Fundador do Site Ônibus de Curitiba. Admirador de ônibus e modais de transporte desde sempre. Para Diego tudo podia virar ônibus, desde brinquedos, bicicletas, vídeo-games de corrida e até mesmo carros. Quem nunca brincou de fazer linha com algum desses itens? Pois é, Diego sempre fez. Também é fã de tecnologia e gosta de conciliar ambos os gostos, mas nem por isso deixa de encantar-se com modelos clássicos, que não eram dotados de tanta tecnologia assim.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Pular para a barra de ferramentas